31.12.08


Fotografia de Thomas Barbéy, americano de Connecticut - Photomixages
Pensei interessante colocar esta fotografia uma vez que tudo tem a ver com comboios. Aconselho a visitarem o site deste fotógrafo.


Bom Ano 2009


A todos que me visitam desejo um Ano Novo repleto de tudo aquilo que mais desejam.
Aproveito para informar que a minha CP5600 acabou de chegar já completa com os sons.

24.12.08

Rivarossi - Como - Italia

Capa do Catálogo de 1967 /1968
Foi com esta marca que há mais de quarenta anos iniciei a minha colecção de combóios eléctricos e fundei a minha própria companhia à escala HO - Caminhos de Ferro Vale da Fumaça.
A "Rivarossi" era impecável nos detalhes e acabamento dos seus modelos. Pensei hoje fazer aqui justiça a uma marca que hoje em dia pertence a um grupo do mesmo ramo que, a meu ver, pouco dignifica ou oferece mais valia a quem tanto se dedicou aos comboios eléctricos nomeadamente à escala HO. O link que fiz para a "Rivarossi" mostra ainda o seu fundador que a todos os coleccionadores não se esqueceu de enviar os seus votos de Bom Natal e de um Bom Ano Novo. Quero ainda acrescentar que vinte anos depois de me iniciar nos comboios eléctricos já possuia 8 kms de via (que não conseguia montar em toda a sua extensão) bem como bastante material rolante (locomotivas e vagões) e elementos de decoração. Hoje em dia sou eu mesmo que construo as minhas maquetes e layouts e, neste momento, encontro-me a digitalizar a minha linha e o respectivo material rolante uma vez que, tambem nesta área, as tecnologias evoluem. Assim, podemos ter mais que uma composição a circular na mesma via com velocidades iguais ou diferentes bem como as próprias locomotivas já reproduzem os sons (motores, apitos, claxons, travões, etc,) dos modelos reais. Para quem se quiser iniciar neste tipo de colecção deixo um aviso - adquirir material de grande qualidade pois só interessa quando este reproduz à escala os modelos reais respeitantes a companhias de caminhos de ferro existentes ou que já se encontram desactivadas.

21.12.08

Postais Vale da Fumaça


Esta foi a edição do ano 2008 dos postais "Vale da Fumaça" - São virtuais, não passaram por uma litografia mas talvez um dia apareça o termo "netgrafia". Elaborei quatro diferentes para que cada um escolha o seu como desejo meu de Bom Natal e um Ano de 2009 com tudo o que houver de melhor. Ah... e não se esqueçam de viajar de comboio!

19.12.08

Feliz Natal e Um Bom 2009


Os Caminhos de Ferro Vale da Fumaça desejam um Feliz Natal e um Ano de 2009 repleto do melhor que houver... sobretudo muita saúde. Aproveitem o novo ano para dar ums bons passeios de comboio...não é poluente, é seguro e temos a possibilidade de melhor conviver a bordo.

7.12.08

Corails Chegaram ao Vale da Fumaça


Os Caminhos de Ferro Vale da Fumaça acabaram de adquirir na casa "Oliveira e Losa" estas duas carruagens corail. Uma 2ª. classe e uma vip normalmente usada em comboios especiais. Alem da pintura ser diferente, destaca-se pelos seu interiores; tem uma sala de reuniões com um plasma e DVD, outra com poltronas e pequenas secretárias e um mini bar para o serviço de catering. Assim juntamente com CP5600 que neste momento se encontra nas oficinas a colocar a card de som, penso ter realizado um sonho há muito desejado.

23.11.08

Vesúvio - Douro


Esta é uma bela paisagem e local por onde passa o comboio que faz o trajecto Régua-Pocinho. Pena é que já não exista a estação original que deu lugar a dois apeadeiros/abrigos. A casa que vemos é a Quinta do Vesúvio.

Manoel de Oliveira




Homenagem da CP ao cineasta Manoel de Oliveira que irá completar 100 anos no próximo mês de Dezembro. É para mim simultaneamente o empréstimo da sua figura à cidade do Porto e à CP (cedendo o seu nome a uma composição da série Alfa Pendular) que do mesmo modo a soube representar através dos seus filmes como Douro, Faina Fluvial, Aniki-Bobó e muitos outros.

"Uma vida. Uma mensagem que é vida. Uma vida feita mensagem".
Francisco Cardoso dos Reis, Presidente do CG da CP

5.11.08

Douro com Pinhão ao Longe


Tambem não podia deixar de publicar esta fotografia que é mais um quadro magnífico do caminho Régua-Pinhão com este ao fundo parecendo uma cascata a emoldurar a paisagem. Normalmente quando faço esta viagem e de cada vez que a faço não deixo de fotografar nem que sejam repetidamente os mesmos lugares pois às vezes uma leve mudança de luz ou mesmo uma época diferente do ano dá um toque subtil às imagens.

Há quanto tempo!


Não me farto de apelar ao Tua sobretudo a essa paisagem magnífica que nos deixa espantados com tanta beleza. Aqui deixo uma fotografia anónima que prometo divulgar o seu autor mal o descubra. No entanto penso não estar a utilizar em vão esta imagem pois aquilo que de belo conseguimos captar deve ser mostrado aos outros pois os registos fotográficos são para isso mesmo... comunicar sobretudo aquilo que melhor informe sobre determinados lugares (neste caso) o Douro-Tua para quem as palavras e as imagens nunca são em demasia!
Esta fotografia foi registada em Sendas no dia 09 de Abril de 1973 - São estes os únicos dados que possuo. Quando souber quem foi o fotógrafo (repito) farei menção do mesmo aqui no blog.

28.10.08

28 de Outubro de 1856


Coloquei esta imagem para lembrar o aniversário da Viagem inaugural do troço entre Lisboa e o Carregado em 28 de Outubro de 1856 embora a mesma nada tenha a ver com o local. A CP existe e só é pena que os media (termo que está na voga) não cuidem tanto da historia deste país e que pouco ou nada façam a lembrar determinadas épocas. São só notícias explosivas durante dias e dias mas que depois desaparecem sem seguimento algum!
Aproveito para agradecer A C.C. a iniciativa que deu mas que não teve reflexo algum até ao momento. Pode ser que um dia (talvez já tarde) as pessoas se lembrem do património que desapareceu! (ver comentários mais abaixo na "Estação da Boavista" - Porto).

5.10.08

Comboio Histórico no Pinhão


... em continuação da minha visita, deparei com o Comboio Histórico a chegar ao Pinhão repleto de pessoas sobretudo de muitos ingleses que são quem mais sabe proteger o seu património nomeadamente "comboios". Pelo menos tive esta alegria para aliviar a mensagem que abaixo publiquei.

Só Faltava Mais Esta!!!


Ontem fui mais uma vez ao Pinhão. Qual o meu espanto quando vejo uma "Wine House" montada no edifício da própria estação! Mais, com um letreiro em lousa tipo "tasquinha" a dizer "open" e, como não chegasse umas horrorosas meias pipas com flores e um placar de chão daqueles que servem para escrever ementas dos restaurantes! Por acaso não haveria outro espaço para montar este tipo de lojinhas das quais não tenho nada contra mas que não intereferissem com a beleza desta estação e com aquilo que ela nos conta como história? Tudo isto é de um franco mau gosto! Claro que se o mesmo espaço fosse solicitado para outro tipo de actividade (cultural e mesmo pedagógica) que não "cheirasse" a negócio certamente não seria disponibilizado. Mas que mais poderemos dizer... só mais isto: a Estação do Pinhão está inserida numa das áreas classificadas pela UNESCO como património cultural da Humanidade.

2.10.08

Recuperação de Telhado


Esta é mais uma maqueta construída por mim para os Caminhos de Ferro Vale da Fumaça. Este telhado estava a necessitar de recuperação e houve que deitar mãos à obra. Pelo relógio não sabemos se isto são horas extraordinárias pois podem ser 00H20 como 12H20! No entanto como a obra estava atrazada o esforço valeu a pena.

29.9.08

Finalmente a 5600 Eurosprinter



Acabou de chegar aos Caminhos de Ferro Vale da Fumaça a locomotiva tão desejada - a Siemens Eurosprinter na versão da CP. Realmente é uma reprodução fantástica à escala. Agora só falta formar a composição com as carruagens Corail. Mas... vamos aos poucos pois isto é muito caro ... mas vale a pena!

19.9.08

CP 5600 Santarem - Nova Aquisição


Os Caminhos de Ferro Vale da Fumaça estão em negociação com vista a adquirir uma nova locomotiva há muito tempo sonhada - a Siemens Eurosprinter "CP 5600 - Santarem" da casa MEHANO e logicamente à escala HO. Vamos ver se é desta vez que o negócio se concretiza. Ao longo de 40 anos a que me dedico aos comboios em miniatura mas só recentemente começaram a aparecer no mercado referencias portuguesas nomeadamente da CP. O intuito é renovar toda a "companhia" por forma a poderem circular na sua maior parte composições portuguesas. O investimento é caro uma vez que esta locomotiva digitalizada e com sons verdadeiros ronda os 300 € mas aos poucos talvez consiga atingir esse sonho ou pelo menos metade dele o que já não seria mal de todo!

9.9.08

Estação da Boavista - Porto


Esta será mais uma estação a desaparecer. O estado actual que ainda esta semana publicarei fotografia já não tem nada a ver com esta imagem possivelmente com trinta anos (de autor desconhecido). Depois de ter sido desactivada ainda foi uma dependencia bancária e, neste momento, com a involvencia de terrenos prontos para a construção (mais betão) é o seu fim definitivo! A sua localização é na Praça Mouzinho de Albuquerque, mais conhecida por Rotunda da Boavista.

8.9.08

A 319.3 Voltou da Revisão


A minha locomotiva (escala HO - 1:87) 319.3 da Renfe, voltou da revisão. Já tinha uns Kms largos de viagens e foi necessário ir à oficina para pequenas reparações. Veio das mãos da casa "Oliveira e Losa" que recomendo vivamente a quem se dedica ao comboio nas suas diversas escalas. O material tem sempre razão e quando falamos de miniaturas ainda mais cuidado é preciso ter.

2.9.08

Estação de Mirandela-Linha do Tua



Este edifício muito mal tratado é a Estação de Mirandela com traça arqitectónica de interesse mas que, para quem devia ter responsabilidades neste campo, pelos vistos tambem é para deixar ao abandono. Não quero que estes meus desabafos sejam considerados insultuosos porque não é essa a minha intenção mas somente chamar a atenção para quem de direito consiga, pelo menos naquilo que ainda é recuperável, deixar de pé e bem conservado um edifício destes a par de muitos mais do nosso património ferroviário.

Companhias Americanas II

Ano 1900 - Plant System Nº.110 - 4-6-0
Construtor - Rhode Island Locomo-(Alco)
Ano 1902 - Chesapeake & Ohio Railway NO. 147 4-6-2
Estes são mais dois exemplos de locomotivas americanas a vapor, a Plant System e a Chesapeake & Ohio Railway.

30.8.08

Companhias Americanas I

Ano 1900 - Chicago & North Western Railway NO. 1015 4-4-2

Ano 1921 - Atchison, Topeka & Santa Fe Railway NO. 4000 2-8-2

Construtor - Baldwin Locomotive Works

Por forma a dinamizar mais um pouco e a conseguir mostrar materiais rolantes de outras companhias, hoje resolvi colocar duas locomotivas de duas companhias a saber - Chicago & North Western Railway e Atchison, Topeka & Santa Fe Railway.

28.8.08

A E170 em Acrílico


Esta é uma simples homenagem à velha locomotiva E170 que infelizmente se encontra num estado miserável à espera do sucateiro!

17.8.08

Tua - Estação


O edifício ainda se encontra em razoável bom estado. O pormenor dos vasos é bastante simplista mas muito bonito. Não foi encontrado nenhum artista para os decorar mas a arte encontra-se e faz-se a partir do amor que temos pelas coisas. A não ser assim, talvez já nem vasos existissem nesta estação. Ver este vídeo de ©OCOMBOIO.NET.

16.8.08

Tua - Tunel de Prezas




O Tunel de Prezas é o primeiro depois da saída da Estação do Tua, ao Km 4,7. Começa aqui a viagem de sonho que dentro de pouco tempo será apagada com a construção da famosa barragem. Há quem já estivesse contra e hoje em dia esteja a favor nomeadamente autarcas desta zona...! Neste momento só o Presidente da Câmara Municipal de Mirandela defende a não construção do monstro de betão armado (até aos dentes)! Façam esta viagem colossal enquanto é tempo.

Locomotiva E170 no Tua








Esta máquina (E 170) ainda bem há pouco tempo estava resguardada por umas grades embora já muito danificada. Hoje em dia, já nem o gradeamento existe e cada vez mais é impossível recuperar esta maravilha. Fica mais este registo para quem quiser ter a noção da enorme sucata que se está a formar ao longo do nosso país mais propriamente das nossas estações! E como dizem os ingleses:"Preserve o passado a partir do futuro"!

Italianas no Tua






Estas carruagens (as italianas ou napolitanas) foram deslocadas para a Estação do Tua há já alguns anos com o fim de serem protegidas e restauradas! No entanto é isto que podemos ver... abandonadas, com diversos grafites e interiores com teias de aranha! Se é deste modo que protegemos o património ferroviário, que mais posso dizer! Já era tempo de fazermos alguma coisa pelo nosso comboio, pelas nossas estações e, sobretudo, pela nossa história. Não faltará muito tempo para que tudo esteja esquecido, totalmente abandonado e perdido no tempo. Não me espanto se estas carruagens ali se encontram para serem desmanteladas! Leiam esse link.

10.8.08

Linha do Douro - Pala





Pala (Linha do Douro) É uma aldeia da Freguesia de Ribadouro. Mais uma estação em contínua degradação onde já desapareceu o relógio, janelas, azulejos e começam a aparecer as pinturas murais de fraquíssimo gosto o que ainda mais empolam o péssimo visual daquela que foi em tempos uma estação de referencia, hoje em dia um apeadeiro. A este lugar que deu o nome à estação estavam ligadas as famosas "Laranjas da Pala" antes da construção da Barragem do Carrapatelo. Não sou contra as "barragens" (estas não são as culpadas) mas como é habitual, cada vez que nasce uma obra deste tipo acabam as lembranças dos lugares, a própria memória e finalmente aparece todo um acumular de desleixo e abandono.