31.12.09

Um Óptimo 2010

A todos os meus amigos e amigas um 2010 ainda muito melhor recheado com todos os desejos.

17.12.09

As Boas Festas do Meu Neto

Carregar aqui para ver o cartão de Boas Festas

Benzo-Diacol

Agora que estamos em tempo de gripe é interessante relembrar aquilo que se usava antigamente para os resfriados e tosses. Esta imagem foi retirada da Gazeta dos Caminhos de Ferro de Janeiro de 1943 e, como sempre vou dizendo, tudo aquilo que de um modo ou de outro esteja minimamente ligado aos comboios e que vou encontrando na tulha faço questão de aqui colocar. Neste caso é uma página de publicidade referente a este produto inserida na referida revista.
Interessante ver este blogue - "Choses Vues" .

14.12.09

Quem Falou em Cultura?

Como "de pequenino é que se torce o pepino", os ingleses educam as suas crianças a não perderem aquilo que já foi ultrapassado pelas ditas novas tecnologias. Assim, como poderão observar os serviços de educação estão atentos a este pormenor. Talvez seja porque no nosso país não há vontade para guardar a história, (há mais de trinta anos e ainda funciona o problema de direita-esquerda e consequentemente vergonha do passado) a nossa juventude deixou de ter acesso àquilo que lhes diz também respeito. Falar em locomotivas a vapor, viagens de Porto-Lisboa com a duração de seis horas, telefones fixos, discos de vinil, não existir televisão quando outros países já a tinham há muitos anos, etc., etc., é como estar a contar mentiras... não lhes é fácil ver o passado que, claro, não viveram mas que também não lhes mostraram ou por outro lado não faz parte da educação das diversas gerações pós revolução a qual nunca critiquei e foi bem vinda mas que para muita boa gente foi sinal de esquecimento do nosso património cultural e não só. É uma pena que aqueles a quem devemos pedir consciência para isto, estejam totalmente a leste e ainda consigam falar em cultura como se eles mesmo a tivessem para saber transmiti-la.

9.12.09

Bombardeiros II

Vagões CP Glm 102 2 732-7

Abaixo o texto explicativo enviado pelo José Carlos Santos a quem agradeço o interesse e disponibilidade.

"Este vagão foi construído na Alemanha em 1943.

O bombardeiro com a inscrição CP Jv 1753, foi feito com base na foto de Mário Novais, pertencente ao acervo da colecção da fundação Caloustre Gulbenkian. A foto deverá ter sido tirada em 1956, em data próxima às comemorações do centenário dos caminhos de ferro em Portugal. Tem um pormenor muito engraçado que é uma inscrição no lado inferior esquerdo, manual a giz, que diz em letra desenhada, “ a resguardar na cocheira de Santarém”

A segunda foto foi feita em 74/75 na régua. É curioso notar as inscrições da numeração em amarelo. Outro detalhe que se tentou reproduzir foi as várias inscrições em giz e letreiros brancos colados ao vagão.

Depois ainda se fez mais uma versão dos anos 80 com as respectivas inscrições UIC bem como uma versão actual de um vagão U que estava a apodrecer em Contumil à poucos anos".

7.12.09

Gazeta dos Caminhos de Ferro

É uma colecção excepcional para quem gosta de "Caminhos de Ferro". Aqui podemos ver imensos PDFs com muita notícia quer a nível nacional como internacional sobre este tema. De salientar a publicidade que acompanha estas revistas que, se repararem, havia imensa indústria em Portugal, à época, de grandes dimensões. "Mais ou menos como hoje em dia"!
Insiro aqui a capa e uma página da revista de 1 de Janeiro de 1943.
Não me lembro se já fiz referencia à Gazeta dos Caminhos de Ferro há uns tempos, mas nunca é demais lembrar pois, o blogue vai passando e por vezes escapam-nos artigos aqui referenciados.

Bombardeiros I

Não, o José Carlos não me paga nada pela chamada de atenção destes modelos mas porque realmente são uma maravilha não consegui deixar de os mostrar aqui no Vale da Fumaça. O acabamento é impecável e nada como fazermos colecção daquilo que é nosso e que à escala real praticamente não existe e ainda como se não chegasse ainda são destruídos e empurrados para a sucata.

Comentários Abusivos

Quero deixar bem claro que todas os comentários que sejam anónimos aqui colocados no blogue e sobretudo insultuosos, os mesmos serão de imediato eliminados. Penso que ninguém tem o direito de se colocar atrás de uma cortina (cobardia) para dizer aquilo que muito bem lhe apetece e simultâneamente fazer deste mesmo blogue um forum entre amigos como estava a acontecer há já algum tempo.
Tenho imensa pena pois, há muitos anónimos que por uma razão ou outra não se identificam mas são respeitosos e sobretudo educados e consequentemente poderá estar a pagar o justo pelo pecador mas o que aconteceu hoje não pode ter outra alternativa.
Jorge Rego

6.12.09

O Fim da Linha

A todos os amantes do comboio convido-os a comprar o Jornal Público de Sábado (5 de Dezembro) pois com ele vem o suplemento "Fugas" com um artigo sobre "Saudades do Comboio na Linha do Sabor" de autoria de Pedro Garcias (texto) e Paulo Pimenta (fotos) cujo intróito reproduzo aqui:
"O comboio deixou de apitar na Linha do Sabor a 1 de Agosto de 1998, mas as memórias e as ruínas parecem ser muito mais antigas. O P2 foi ver o que resta daquela via estreita que ligava o Pocinho a Duas Igrejas, junto a Miranda do Douro, e encontrou estações lindíssimas ao abandono, uma região ainda isolada e um povo cheio de saudades."

3.12.09

QUEM TEM ZON ESTÁ OFF!!!!!!!!!!

É isso mesmo. Continuo há mais de um mês à espera de um técnico que venha substituir o router.
Neste momento estou ligado por uma "pen" para no mínimo conseguir ver mails. É incrível o tipo de assistência e o respeito que merecem os consumidores destes senhores que não são mais que o poder instalado deste tipo de serviços. Nada adianta reclamar e só vou ter que optar por mudar de operador. Para cúmulo estou com o serviço completo, isto é, TV+TELEFONE+NET o que quer dizer que neste momento só consigo ver televisão mas já não sei até quando.
Ainda hoje mesmo com a referida "pen" fiquei sem serviço durante algum tempo com um erro técnico dizendo que "o servidor ppp não responde". Falei para a assistência e disseram-me somente que desconheciam esse tipo de problema!!! Como é possível?
Depois aquilo que mais impressiona são as velocidades da net, 100, 200 megas e amanhã serão gigas mas, se formos medi-las, estas estão muito longe de serem verdadeiras. Só como exemplo, eu não consigo ultrapassar os 85 com 100 instalados (segundo eles dizem)!

22.11.09

Monocarril em Wuppertal

Este monocarril existe na cidade de Wuppertal na Alemanha e é uma construção ferroviária do início do século XX (1901). Está situado nas colinas de Derendorf. A cidade onde está instalado é de fácil acesso tanto de carro como de comboio, de Colónia, de Dusseldorf e da região de Ruhr (maior região industrial da europa). Este monotrilho além de ser descongestionante de trânsito é um bom meio das pessoas terem uma outra vista sobre a cidade.

18.11.09

Túnel de St Gothard

video
A concretização deste túnel necessitou de 10 anos de estudo e quinze de construção.
A nova linha será posta em serviço nos finais de 2013 e será o mais longo túnel ferroviário do mundo.
Os maiores túneis ferroviários do mundo:
57 Kms: Saint Gothard ((Suiça), 2013
53,8 km :
Sei-Kan (Japão), 1988
50,45 km : Eurotunnel (
França-Inglaterra), 1994
34,5 km : Lötschberg (
Suiça), 2007
28,4 km : Guadarrama (
Espanha), 2007
26,4 km :
Hakkôda (Japão), 2010
25, 8 km :
Iwate-Ichinohe (Japão), 2002
22,2 km :
Îyama (Japão), 2013

17.11.09

Monte Lunai - in Temporal

video
Hassapiko Nostálgico - In Temporal
Monte Lunai é um grupo que reúne cinco músicos que se dedicam a redescobrir a dança e o baile tradicional, conforme poderão consultar no link associado ao título da mensagem.
A minha intenção em apresentá-los aqui não foi somente mostrar a sua qualidade como músicos mas também a coreografia que desenvolveram nesse video a qual não foi alheia à introdução do comboio como a montagem do mesmo ligando as escalas, o que ficou interessantíssimo.
Vou tentar aparecer mais vezes por aqui mas com as aulas tudo fica um pouco mais difícil.

11.11.09

NOVO LOGO VALE DA FUMAÇA

Os Caminhos de Ferro Vale da Fumaça tem agora um novo logo! Faz este mês três anos de existencia e como tal recorri ao meu grande amigo Carlos Romão para idealizar e modernizar o cabeçalho do blogue como já o fez anteriormente e com muita beleza. Recomendo a todos a visitarem a "Cidade Surpreendente" e a "Cidade Deprimente" para terem uma noção, por vezes esquecida por todos nós, como se encontra a nossa cidade. Não estou a referir-me somente ao seu abandono como também a aspectos que muitas vezes ignoramos, isto é, passamos pelos locais e não os vemos! Com toda a certeza que o Carlos Romão vai conseguir deixar para o futuro as memórias do Porto.

QUEM TEM ZON ESTÁ OFF!!!

Acabei de chegar novamente ao Vale da Fumaça. Pois é, quem tem Zon está off, mesmo que o slogan televisivo diga o contrário. Pagamos a internet mais cara da Europa e temos o pior serviço da mesma comunidade. É incrível como uma avaria pode estar em reparação quase três semanas! Telefonemas foram mais que muitos e sempre a mesma ladainha... cada vez que ligamos temos que contar sempre o mesmo problema e se a chamada cai, então é um martírio. Inclusivamente tive que adquirir uma pen (Zon Mobile) para conseguir rapidamente ver um mail ou outro, quando esta deveria ser disponibilizada ao cliente enquanto a avaria não estivesse reparada. Mas, como vivemos num país surrealista já não vale a pena dizer mais alguma coisa.
A Net esteve interrompida mas os horários do Vale da Fumaça continuaram a funcionar com os comboios a chegarem à tabela!
Para os meus amigos e amigas cá estou de novo que é o que interessa.
Um abraço para todos.

18.10.09

Trailer do Filme - Pare, Escute, Olhe

Parabéns a Jorge Pelicano e Rosa Silva
video
Podem ver aqui o trailer do filme
Mais uma ajuda do "Cantinho dos Comboios"

Pare, Escute, Olhe

É uma obra que retrata o abandono a que a região de Trás-os-Montes e Alto Douro tem sido votada. Realização de Jorge Pelicano e produção de Rosa Silva. O tema é essencialmente a Linha do Tua com todos os problemas inerentes desde o final dos anos 80 até aos dias de hoje nomeadamente a sua destruição face a uma barragem que não tem nenhuma razão de existir a não ser o betão ligado aos grandes interesses. O país fica para mais tarde, do género, quem vier que feche a porta.
A ver nas seguintes salas:

18 de Outubro – Cinema Londres, 23H00

19 de Outubro – Culturgest, 18H30

22 de Outubro – Cine Eco 2009, Seia, 22H00

trains.com - um site a visitar

Vale a pena visitar este site "trains.com" para quem gostar de ferromodelismo.

17.10.09

Trains

Isto são pré-visualizações de livros que podemos encontrar no Google. É interessante dar uma vista de olhos por aqui. Para tal é suficiente abrir o Google e ir á secção de livros e escolher a temática (neste caso os comboios). Vão reparar que é interessante. É mais uma dica para os ferrovipatas.

14.10.09

Orient Express


video
Mais uma viagem de sonho!
Ligado a este comboio existe um filme com o mesmo nome "Oriente Expresso".
Mais uma viagem a colocar na minha agenda para quando me reformar!!! E quando?
Volto a agradecer ao Luís a ajuda impecável nos vídeos. A paixão pelos comboios cria também laços de amizade e solidariedade.

Rovos Rail - Video

video
Aqui podemos ver o vídeo sobre este fabuloso comboio. Só espero pelo euromilhões para fazer uma destas viagens. Já agora com esse montante pagaria aos meus amigos os bilhetes para as mesmas. Não seria nada demais! Devia ser um gozo impressionante! Mais uma vez um obrigado ao Luís.

12.10.09

The Pride of Africa

Plano de corte de carruagem-cama com 11 m2
O mais luxuoso comboio do mundo. Conhecido por o "Comboio dos Safaris".
Não vou dizer muito sobre este comboio de sonho pois mais vale verem os links.
No entanto, verifique algumas viagens:
. Pretória > Durban.
. Pretória > Nelspruit com excursões ao Kruger National Park.
. Cape Town > Das Es Salaam passando por Johannesburg, Pretória, Gaberone, Bulawayo, Livingstone, Lusaka, Kasama e Mbeya.
Ver vídeo no Youtube.

11.10.09

Rails&Ties - Laços de Esperança


Trailer do Filme "Rails&Ties
Versão 16:9
video
Mais um filme de qualidade em que, resumidamente, uma colisão entre um comboio e um automóvel resulta numa afeição fora do comum entre um jovem que escapa ao acidente e um engenheiro da companhia de caminhos de ferro. Um agradecimento especial ao Luís(Cantinho dos Comboios) pela ajuda na elaboração deste post relativamente ao vídeo.
Origem - EUA
Ano - 2007
Género - Drama
Realizadora - Alison Eastwood (filha de Clint Eastwood).

Nunca é tarde demais para amar

Este é mais um filme indicado por Dias Imperfeitos e que estou à espera que saia em DVD. É muito recente pois veio para as salas de cinema em 2008 e resumidamente, "uma das personagem, amante de comboios, quando não os podia ver, gostava de ouvir gravações com o som que estes fazem".
É mais um para a nossa "comboioteca" (esta palavra ainda não existe mas funciona bem no meio dos ferrovipatas). Desculpem-me os especialistas em linguística! Já sei que esta palavra não está fora nem dentro do acordo ortográfico!
Origem do filme - Alemanha
Ano - 2008
Género - Drama

10.10.09

Tua-Mirandela

video video video

Esta foi a minha última viagem entre Tua e Mirandela em Julho de 2008. Passado um mês aconteceu o infeliz acidente que foi o rastilho perfeito para acabarem com esta linha e sustentarem a tese da construção da barragem. Se isto acontecesse sempre que existem acidentes ferroviários, certamente já não haveriam comboios! Mas, limito-me a dizer só isto porque para bom entendedor meia palavra basta. Ficam aqui três registos de uma viagem de ida e volta que tive a oportunidade e a felicidade de fazer. Neste momento estou a pensar dar um passeio a pé por parte deste trecho de linha e quero ver se alguns entusiastas me acompanham. O Outono e Primavera são as épocas ideais para o fazer. Talvez já seria tempo dos amigos dos comboios e não só, aqui presentes nos blogues, se juntarem para delinear este passeio.

7.10.09

Restaurante Calça Curta

Quem passeia ao encontro de comboios acaba sempre por almoçar ou jantar em restaurantes que, embora desviados das estradas principais, oferecem petiscos do arco da velha! É o caso do Restaurante Calça Curta na Foz do Tua, mesmo em frente à estação de caminho de ferro. Aqui poderá comer peixe de rio em escabeche, caldeirada de enguias e um polvo (que embora não seja do rio) é uma delícia. Da última vez que lá fui enchi-me de coragem e pedi ao proprietário que me vendesse um prato de mesa para ficar como recordação o que ele prontamente mas à socapa, para os outros clientes não verem, o embrulhou num saco de papel e me ofereceu.
Fiquei radiante pois, isto é mais um símbolo ligado aos comboios, às estações de caminho de ferro e sobretudo ao Tua que neste momento padece de quem olhasse com olhos de ver e não só com olhos de olhar para o problema inerente ligado à tal absurda barragem que mais não é que um simples negócio uma vez que o caudal que a mesma irá representar é insignificante.
Para quem ainda não conhece este local deverá visitá-lo enquanto o mesmo ainda permanece como quando nasceu! A noite é um espectáculo só com a luz amarelada e ténue da estação a cair sobre a linha... quase se consegue ouvir o silvo das velhas locomotivas a carvão e o fumo das mesmas a envolver o cenário!

5.10.09

Les Plages D'Agnès

Este é um filme que me foi recomendado pela autora do blogue "Dias Imperfeitos", da realizadora Agnès Varda da qual já vi um outro filme muito interessante - "Os Respigadores e a Respigadora". No filme "As Praias D'Agnès" a partir de um dado momento a referida realizadora encontra na Bélgica, um coleccionador que chama aos amantes dos comboios os tais "ferrovipatas" que, de quando em vez, aqui faço referência. Não sei se já se encontra em DVD mas recomendo-o.
Mais uma referência aos comboios.

Os comboios são eternos!

Hoje anexo uma fotografia relativa à capa da Revista a Gazeta dos Caminhos de Ferro (que podem consultar em "O Comboio em Portugal" do ano de 1948). Aqui podem retirar PDFs que são uma delícia para conhecermos como eram os comboios de então! É pena que esta revista não continuasse a ser publicada. Faz falta para os "ferrovipatas". Seria, como ainda hoje existe o "Borda D'Água e o Seringador".
Sei que existem muitos amigos e amantes deste tema mas aproveito para aqui realçar o Blogue do nosso amigo Luís - "O Cantinho dos Comboios" que tal como eu, é incansável na busca e edição de temas com interesse para além de ser um coleccionador à escala, dos caminhos de ferro.
Não é muito fácil para quem trabalha dedicar quase diariamente uma hora ou mais a este tema e ao blogue. Contudo, quem gosta mesmo de comboios este é um meio de colocar o stress a passar ao lado.

29.9.09

1890 "Girls of the paper mills."

Mais uma imagem retirada do Shorpy com referências ao comboio não descurando as "moças" que dão ao enquadramento um certo encanto. A fotografia a preto e branco convida-nos a uma maior concentração na imagem e simultaneamente transporta-nos mais rapidamente ao passado. Esta fotografia reporta-se ao ano de 1890 e a cor apareceria muitos anos mais tarde.

27.9.09

60 Planos para maquetas

Este é um pequeno livrinho tamanho A5 com trinta e duas páginas muito interessante com 60 planos de traçados de vias. Podemos utilizá-los ou mesmo modificá-los ao nosso gosto. Aconselho a todos os ferrovipatas, termo que achei engraçado e se encontra no blogue "Dias Imperfeitos", que vivamente recomendo.

1896 Jupiter & Lake Worth R.R.

Mais uma imagem retirada do "Shorpy" um dos sites americanos que possui um levantamento enorme de fotografias, muitas delas anónimas mas que servem para não se perder a história deste país. Esta imagem aqui referida do ano 1896 ainda foi exposta em negativo de vidro uma vez que a descoberta do celulóide ainda era muito recente.

25.9.09

Um Pouco de História II

Esquema da evolução dos carris.
"As primeiras vias eram constituídas por peças longitudinais, ou longarinas, de madeira assentes em travessas toscas, também de madeira, espaçadas de 0,60 a 0,90. O espaço entre essas travessas era preenchido com pedras ou escórias, tiradas da exploração das próprias minas e regularizadas de forma a facilitar a marcha dos cavalos. Os carris são assim muito mais antigos que a locomotiva e, como ela, foi nas minas que nasceram...
O mais antigo vestígio de carris aparece no século XV, na "Cosmografia Universal" de Sebastião Munster, cuja primeira edição foi publicada em Bâle em 1550 e que descreve com gravura, um mineiro empurrando, nas minas de Leberthal, na Alsácia, uma carreta com pequenas rodas que rolam sobre uma longarina, que é afinal o carril primitivo..."
Texto baseado no Livro "Caminhos de Ferro Portugueses - Esboço da Sua História" do Eng.º. Frederico de Quadros Abragão.