25.11.10

Túnel da Alfândega - Porto

Portão de acesso
A entrada é pelo parque de estacionamento
As linhas já não existem
Um espelho na parede que nada espelha!
Direcção Alfândega > Campanhã
A miséria instalou-se para ficar escondida
Isto é mais uma vergonha daquilo que se pode fazer ou não fazer com estruturas históricas da cidade. O lema é passar por cima de tudo, apagar (mas mal apagado, neste caso) e fazer esquecer e não lembrar para o futuro o património da cidade. Não faço mais comentários. Deixo as imagens que falam por si mesmas. Seria bom que os sniffers (gabinetes que se distraem a ganhar dinheiro procurando quem comenta para depois transmitir as opiniões) fizessem chegar a quem lhes encomenda os serviços esta mensagem.

4 comentários:

João Silva disse...

Já lá passei diversas vezes e nunca me dei ao cuidado espreitar.Realmente está um " nojo ".
Serve de abrigo para esses tais snifers .
Conseguem sempre entrar em sitios mais esquesitos ......

Luis disse...

Pois é Sr Jorge !! Com esta apanhou-me totalmente ignorante...já tinha ouvido falar nessa Linha antiga mas não tinha informação nenhuma.
Abraço

Luis

Damião Vieira disse...

Ainda tenho na memória como era incrível o comboio da Alfândega em direcção a Campanhã.
É este Portugal que temos.
Obrigado pela reportagem.

Um Abraço

charlotte disse...

Nao percebo como nao aproveitam os tuneis existentes para por o metro