29.9.09

1890 "Girls of the paper mills."

Mais uma imagem retirada do Shorpy com referências ao comboio não descurando as "moças" que dão ao enquadramento um certo encanto. A fotografia a preto e branco convida-nos a uma maior concentração na imagem e simultaneamente transporta-nos mais rapidamente ao passado. Esta fotografia reporta-se ao ano de 1890 e a cor apareceria muitos anos mais tarde.

27.9.09

60 Planos para maquetas

Este é um pequeno livrinho tamanho A5 com trinta e duas páginas muito interessante com 60 planos de traçados de vias. Podemos utilizá-los ou mesmo modificá-los ao nosso gosto. Aconselho a todos os ferrovipatas, termo que achei engraçado e se encontra no blogue "Dias Imperfeitos", que vivamente recomendo.

1896 Jupiter & Lake Worth R.R.

Mais uma imagem retirada do "Shorpy" um dos sites americanos que possui um levantamento enorme de fotografias, muitas delas anónimas mas que servem para não se perder a história deste país. Esta imagem aqui referida do ano 1896 ainda foi exposta em negativo de vidro uma vez que a descoberta do celulóide ainda era muito recente.

25.9.09

Um Pouco de História II

Esquema da evolução dos carris.
"As primeiras vias eram constituídas por peças longitudinais, ou longarinas, de madeira assentes em travessas toscas, também de madeira, espaçadas de 0,60 a 0,90. O espaço entre essas travessas era preenchido com pedras ou escórias, tiradas da exploração das próprias minas e regularizadas de forma a facilitar a marcha dos cavalos. Os carris são assim muito mais antigos que a locomotiva e, como ela, foi nas minas que nasceram...
O mais antigo vestígio de carris aparece no século XV, na "Cosmografia Universal" de Sebastião Munster, cuja primeira edição foi publicada em Bâle em 1550 e que descreve com gravura, um mineiro empurrando, nas minas de Leberthal, na Alsácia, uma carreta com pequenas rodas que rolam sobre uma longarina, que é afinal o carril primitivo..."
Texto baseado no Livro "Caminhos de Ferro Portugueses - Esboço da Sua História" do Eng.º. Frederico de Quadros Abragão.

24.9.09

Há coisas incríveis!!!

Nem vale a pena dizer nada ou então só isto: como pode haver pessoas com a cabeça quadrada? Será que a este infeliz passageiro nem o tribunal lhe fará justiça depois de ter recorrido à Cp e ao Instituto da Mobilidade sem o menor retorno para a sua reclamação? Ainda bem que o programa "Nós por Cá" da Sic vai denunciando estes problemas.

21.9.09

Preso por ter cão e preso por não ter

Pronto, já não sei se devo continuar a fazer criticas à Refer ou não!

Quando as passagens de nível não existem ou estão mal colocadas e sinalizadas culpamos a referida empresa da situação o que é lógico. Quando a mesma começa a tentar fazer qualquer coisa no sentido da segurança o que já devia ter sido feito há muito tempo , partimos para concentrações de rua e petições na Net para que o caminho continue como estava – sem segurança para as pessoas! Aqui há a juntar o problema de um resort que não gosta do muro pois lá vai o “neo-riquismo” para o brejo! É exactamente o que se está a passar nas praias com falésias no Algarve (afinal isto passa-se tudo no Algarve) – ainda há poucas semanas houve um acidente enorme pela queda das ditas falésias possivelmente por estarem mal sinalizadas e neste momento as pessoas continuam a deslocarem-se para estes locais no tempo de veraneio pela simples razão de que o mal só aos outros acontece!

Voltando ao muro que a Refer está a construir ou já construiu penso que estas passagens deveriam ser feitas quer a nível superior ou inferior da linha e até posso admitir que seria mais estético. O que não considero de bom senso é que em prol de um simples resort, muito em voga nomeadamente onde o dinheiro cai do céu e não existe nenhuma cultura social e que somente serve meia dúzia de pessoas, se coloque em causa a segurança de uma população.

19.9.09

Publicidade Anos 50

Sempre que encontro algo ligado a comboios gosto de publicar. Hoje inseri uma publicidade publicada nas Selecções do Reader's Digest do ano de 1954 alusiva a óleos para lubrificação de motores, inclusive de locomotivas, da marca "RPM DELO". Espero que seja do agrado de todos.

17.9.09

Até ao Parar do Comboio é Vindima

Conheça as tradições das Vindimas na Região do Douro mas vá de comboio! Se ainda está em férias ou, por outro lado, está reformado não deixe de ver o que é uma vindima. São realmente tradições que embora hoje em dia tecnicamente mais avançadas merecem ser conhecidas. Se gosta de um bom Vinho do Porto ou de mesa veja o trajecto necessário até eles chegarem às suas mãos.

Um Pouco de História I


Um pouco de história não faz mal nenhum para quem goste tanto de caminhos de ferro muito mais Os Caminhos de Ferro Portugueses. Assim baseado no Livro do Eng.º Frederico de Quadros Abragão passo aqui algumas frases:
" O primeiro agente de transporte, de que se deve ter servido o homem, teria sido o próprio homem ...
Parece demonstrado que o principal animal, que o homem conseguiu domesticar, foi o burro, a que logo se seguirá aquele que mais notáveis serviços lhe havia de prestar, o cavalo...
Surge depois a primeira grande fase da locomoção terrestre com a invenção da roda, que hoje nos parece talvez banal e a que mal prestamos atenção, que viria revolucionar profundamente as condições dos transportes...
Depois da sua invenção, tudo mudou: o esforço necessário diminuiu, os pesos a deslocar aumentaram, a velocidade tornou-se muito maior. Com a roda, nasceram os carros primitivos, os veículos mais ligeiros, os automóveis mais velozes, os comboios mais rápidos."

15.9.09

Linha de Leixões

É uma novidade que esperamos que seja de grande utilidade para os utentes. Pode ser um passo curto, talvez, mas poderemos ficar com a sensação de nem tudo estar perdido. Vamos esperar para ver como se vai desenvolver esta linha. Como já referi sou crítico assíduo mas também tenho a capacidade de louvar quando se fazem coisas em benefício quer do património como das pessoas. Repito, vamos esperar para ver.

12.9.09

20 Anos A Ligar Destinos

Os "Caminhos de Ferro Vale da Fumaça" acabaram de receber a sua nova locomotiva que esteve em pintura e mecânica nas mãos de José Carlos Santos - Oliveira e Losa,Lda. É nem mais nem menos a 5612-5 com a pintura "20 Anos a Ligar Destinos". É mais uma preciosidade graças à qualidade de acabamentos e à digitalização da mesma. Enquanto for possível irei tentar fazer a série de pinturas desta locomotiva. Como já indiquei no início deste blogue há três anos, a minha intenção é passar a minha maqueta para comboios unicamente nacionais. Vai demorar pois estes modelos não são acessíveis e no momento presente ainda pior. Isto é uma "empresa" à escala HO e como tal a sua área de "Economia e Finanças" tem que estar atenta.

Cisalpino

Cisalpino, Comboio Pendular Italo-Suíço, fabricado pela Fiat Ferroviária, (quase idêntico ao nosso Alfa pendular), em face do Lago de Lugano, na Suiça, na manhã do dia 20 de Agosto de 2009. Vinha de Milão e dirigia-se para Zurich.

Estas imagens foram gentilmente cedidas por um amigo o Eng.º António Vasconcelos, também ele, um grande entusiasta dos comboios quanto mais não fosse porque foi Ex - Chefe da Divisão de Sinalização Ferroviária da EFACEC. O meu agradecimento por ter contribuído para este blogue.

Mais informação da Fiat Ferroviária que faz parte da Empresa Alstom ou ainda em Locomotivas Alstom.

10.9.09

Linha de Leixões

Foi aberta a linha que liga Leça do Balio a Ermesinde na passada Quarta Feira e a mesma está disponível gratuitamente durante uma semana para os utentes a poderem experimentar. É pouco mas já é algo que vai servir as populações. Esta linha há muitos anos que só servia para circulação de composições de mercadorias. Sou crítico face a muitas situações daquilo que se passa com o nosso caminho de ferro mas esta abertura é uma lufada de esperança. Esperemos que não fique só por aqui. Neste vídeo que fiz hoje da parte da tarde podemos observar a passagem do comboio em S.Gemil (Maia) que será uma das paragens intermédias. De notar que a Estação de S.Gemil é de uma arquitectura diferente de muitas outras mas de qualquer modo muito bonita. Está relativamente resguardada do vandalismo e seria óptimo que a Refer a recuperasse totalmente.
Ver artigo no Jornal de Notícias de 10 de Setembro de 2009

7.9.09

Intercidades Passando em Silvalde


O Intercidades vindo de Campanhã passando em Silvalde - Espinho às 15H15 em direcção a Lisboa-Santa Apolónia onde chegará às 18H00. Foi mais uma tarde a recolher imagens e pequenos filmes sobre comboios.

Roco - Novidades HO 2009

A marca Roco lançou em simultâneo com os Caminhos de Ferro Austríacos a versão da locomotiva eléctrica "Siemens - Taurus - 1047 500-4" que tem como pintura exterior a chamada de atenção para os 200 anos da morte do famoso compositor Joseph Haydn a qual circulará com a referida decoração durante um ano.
Veja e ouça o "Te Deum Nº2 em C" de Franz Joseph Haydn.
Há uns tempos que o "Vale da Fumaça" não vinha falando no comboio à escala HO mas promete brevemente novidades.

5.9.09

Refer Reduz Passagens de Nível

Passagem de Nível em São Paio de Oleiros
São sempre problemáticas as passagens de nível. Desconhecimento do local, faltas de atenção aos sinais e ainda pessoas que caminham nestes locais com MP3 colocados nos ouvidos normalmente reflectem-se em acidentes muitos deles mortais. A Refer desde 1999 reduziu de 2494 para 1229 o número destes cruzamentos.
Aconselho a lerem a notícia do Jornalista do Púbico Carlos Cipriano sobre este assunto.

4.9.09

Intercidades das 14H34 nas Devesas


Intercidades das 14H34 na Estação das Devesas - Vila Nova de Gaia.
Chegada e Partida para a Estação de Campanhã - Porto

3.9.09

Penedo Durão

Sempre à procura de comboios e estações fazem-se viagens onde podemos encontrar paisagens fabulosas vistas do miradouro, como estas de Penedo Durão que fica relativamente perto de Freixo de Espada à Cinta, logo Alto Douro. Sempre que possam visitem estes locais de uma beleza rara. Já estou quase como a publicidade - "Viaje para fora cá dentro"!

Solar dos Pimenteis

Hoje para variar apresento outro modo de desmazelo do património.
Foi assim como apear-me do comboio e ir pela estrada passeando!!!
Na viagem que fiz para Miranda do Douro descobri à face da estrada que, nos tempos áureos deveria ser a propriedade onde estava inserido este edifício, o Solar dos Pimenteis que fica em Castelo Branco, concelho de Mogadouro. As fotografias não estão como eu queria mas a luz não era a melhor na altura. Segundo me informaram no café local este solar começou a ser restaurado mas há quatro anos que as obras pararam. Fica aqui um apontamento.
A consultar "Revisitando Castelo Branco" , blogue de um filho da terra que deve estar emigrado.

2.9.09

Estação de Barca D'Alva










Hoje não quero dizer mais nada, nem é necesário. As imagens são suficientes e elucidativas. Barca D'Alva não deixa de ser uma terra muito bonita e com esplendidas paisagens, pese o desleixo da sua estação de caminhos de ferro. É um bonito passeio que vale bem a pena desfrutar. Já agora façam a viagem por Escalhão e visitem o seu museu - "Casa da Freguesia de Escalhão".

1.9.09

Apeadeiro de Vilarinho

Apeadeiro de Vilarinho - Linha do Tua. Este apeadeiro é um dos últimos antes de chegar a Mirandela. A linha desactivada há um ano está como se pode ver: as silvas começam a inundar a via férrea, o edifício está pronto para começar a degradar... como de costume. Ainda dá uma certa piada os postes de iluminação de última geração misturados com este cenário! A Refer já que ostenta de forma bem visível o seu logotipo deveria pelo menos fazer justiça ao mesmo. É uma empresa e como tal a sua imagem está sempre colocada em causa muito mais quando referenciada nestas instalações que são suas.