8.4.07

Estação de Bagauste



Ao km 99,3 da Linha do Douro encontramos aquilo que foi a Estação de Bagauste entre a Régua e Covelinhas. Esta é mais uma votada ao abandono e que em tempos serviu aquelas gentes. Aqui estão algumas imagens registadas esta semana. Parece-me que algumas destas estações ainda seriam passíveis de recuperação. Falta a vontade e o interesse para que continuemos a valorizar a Região do Douro e o comboio.
_________

A cidade da Régua administrativamente pertence ao Distrito e diocese de Vila Real; é sede de concelho e comarca e tem como orago S. Faustino, distribuindo se as suas populações de 17.024 habitantes por doze freguesias: Covelinhas, Fontelas, Galafura, Godim, Loureiro, Moura Morta, Peso da Régua, Polares, Sedielos, Vilarinho dos Freires, Vinhós e Canelas. Geograficamente estão todas sediadas nas encostas das montanhas transformadas em vinhedos a caminho de Vila Real, formando uma coroa sendo a cidade seu ponto convergente e aonde vão dar todos os caminhos. Perdem se na nebulosidade dos tempos as origens da cidade da Régua.
Notícias do Douro

2 comentários:

Luís Almeida disse...

Atrás desta estação vai nascer um complexo turístico. Mas se a CP se queixa que não tem rentabilidade nas linhas porque é que não é a própria a investir turisticamente e partindo desta e doutras estações, no Douro e no País, não cria ela própria projectos de turismo que rentabilizassem linhas mais dificeis de rentabilizar.
É fácil dar a volta à crise... é preciso vontade

Canelas do Douro disse...

De facto é uma pena que esta, bem como muitas outras, estações tenham sido dadas ao abandono! Perde-se com isto um pouco da tradição e dos costumes da região... Pelo menos se não utilizam os espaços como "estação" poderiam aproveita-los de uma outra forma, rentabilizando assim o espaço e mantendo viva na memoria todas as historias que por ali foram passando...