9.4.07

Será Possível?



De novo volto a este tema.
As locomotivas abandonadas na Régua. Por mais que me queiram convencer que não vale a pena os seus restauros porque são custos elevados e o país atravessa uma crise (que nunca mais acaba) ainda com mais certezas fico só de pensar que unicamente os cifrões são capazes de apagar a memória de um país (que se incluiu numa aldeia global) mas que lentamente vai perdendo as suas memórias, não deixando nada para as gerações vindouras. Reconheço que é extremamente elevado o custo da recuperação de uma destas locomotivas mas não era tão elevado há dois, três ou quatro anos antes. Cada dia que passa maior é a degradação e isto acaba por servir de desculpa para nada se fazer! Este é o legado. Isto é a cultura tão badalada mas que unicamente se resume ao esquecimento inclusivé do seu património. Essas locomotivas E205 e E210 que tão bons serviços prestaram aos Caminhos de Ferro Portugueses e às suas populações estão agora no meio de tantas outras à espera de rolar definitivamente para uma sucateira ou, quem sabe, que algum outro país as adquira talvez porque lhes faça falta para restaurar uma identica que necessita de peças.
Penso que a intenção de um blog é também esta - a de alertar quem por vezes ande distraído ou não tenha a mínima noção daquilo que existe com valor e merece ser recuperado.

1 comentário:

soledade disse...

"Este é o legado" - se entendessemos a ideia de legado, a responsabilidade, as contas que a posteridade nos pedirá pelo modo como custodiamos o tempo que nos coube... Custa ver as máquinas envelhecer; mas o que dói é o desrespeito.